domingo, 10 de setembro de 2017

O Irresponsável



Girl Chuchalista


E as minhas recomendações para o futuro? Ou se assume oficialmente que a CIG não está preparada para avaliar e decidir absolutamente nada relacionado com crianças – é chefiada por uma girl socialista sem qualquer formação para estas decisões e por um machista empedernido – ou, em alternativa, aprofunda-se o bom caminho interventivo. Li algures que se a mensagem fosse de racismo ninguém hesitaria em aplaudir a retirada dos livros. Pois bem, venho lembrar que o impenitentemente racista Tintin no Congo continua disponível nas livrarias e acessível à suscetível criançada. Ah, que tal proibir as máquinas registadoras de brincar? Segundo a CIG, qualquer criança que com elas brincar vai terminar precário num supermercado. E já se sabe que o PS quer apenas empregos tecnológicos que requerem três doutoramentos.


quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Valente


Já cá havia tantos
"A sua estratégia [de Macron] contrasta com a verborreia frenética da maioria dos políticos europeus dos nossos dias, ainda que não digam nada de relevante"; disse ainda, recordando que o Presidente francês já afirmou que quando fala é só sobre os assuntos que ele escolhe e não "sobre a atividade política". "Quantos em Portugal teriam coragem para coragem para dizer isto?", perguntou.

Censor




Eduardo Cabrita é o responsável pela censura que a CIG fez aos livros da Porto Editora. Na verdade, foi ele que mandou a CIG recomendar à Porto Editora que retirasse os livros de circulação.
É um indivíduo intrinsecamente antidemocrata.


Monstruosidade


O politicamente correcto é uma batota, um jogo viciado, que as suas vítimas estão condenadas a perder. O ponto, portanto, é não jogar. Não pedir desculpa, não se justificar, não ceder, não alinhar, não provocar — não dar conversa. Havia erro? Corrigir naturalmente. Estava certo? Manter sem inibições. Nada há de tão efectivo contra a urticária do politicamente correcto como isto: informar-se, reflectir e não desistir da ideia de um debate regrado

Afinal, que faz a CIG, Quanto ganham os seus elementos?

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Quem Será o Primeiro a Ladrar?


"Hoje em dia, qualquer cão e gato pode ser encarregado de educação"



"Que exemplo dá um pai ao seu filho quando está a mentir? É um mau exemplo"



Qualquer dia, Jorge, ouvimos a CONFAP  a ladrar, ou a miar. 

Precisamos do Al vinho Almeida para dar personalidade e importância à confede ração.
Fiquem bem.